DE TUDO VAI ROLAR

Viver e Curtir a cidade, gastando pouco ou quase nada! (By Ney Mourão) Siga o instagram: blogdetudovairolar – Aos Sábados, às 10h, 14h, 16h e 18h, dicas nacionais, pela RÁDIO 107 Ativa na Web (Baixe o aplicativo na Play Store ou ouça em https://www.radios.com.br/aovivo/107-ativa/65889)

Praça Floriano Peixoto recebe a Orquestra Atlântica do Rio de Janeiro. Na abertura, a banda Semreceita e o flautista Nilton Moreira

Orquestra Atlântica 2__por Mariana Chiarella.jpg

Foto: Mariana Chiarella

No dia 10 de novembro, sábado, a série BH Instrumental, realizada pela Veredas Produções, com patrocínio do Instituto Unimed-BH, vai realizar uma noite de música na capital mineira, na Praça Floriano Peixoto (Santa Efigênia), a partir das 19h. O projeto vai apresentar, pela primeira vez na cidade, a Orquestra Atlântica, a mais nova orquestra do Rio de Janeiro. A abertura ficará por conta do músico Nilton Moreira, com o show Entremeando, e do Semreceita, que comemora seis anos de banda e um ano do lançamento do seu primeiro CD. O acesso é gratuito.

Com uma sonoridade que resgata as tradicionais Big Bands, a Orquestra Atlântica chega à capital mineira para apresentar o repertório do seu primeiro trabalho, com composições próprias e standarts da MPB, passeando por meio de arranjos originais da bossa nova e samba jazz.

O time de músicos da orquestra é formado por Marcelo Martins (sax tenor e flauta), Danilo Sinna (sax alto e flauta), Levi Chaves (sax barítono e clarinete), Jessé Sadoc (trompete e flügelhorn), Gesiel Nascimento (trompete e flügelhorn), Aldivas Ayres (trombone), Wanderson Cunha (trombone), Marcos Nimrichter (piano), Jefferson Lescowich (baixo), Renato Massa (bateria) e Léo Mucuri (percussão).

A Orquestra Atlântica foi contemplada pelo Prêmio da Música do edital Funarte 2013, que financiou o CD que só agora chega ao mercado, com produção musical e arranjos assinados por Marcelo Martins, Jessé Sadoc e Danilo Sinna.

Nilton Moreira
O músico Nilton Moreira apresenta Entremeando, ao lado de Luiz Enrique (violão e guitarra), Pablo Malta (contrabaixo), Pedro Mota (trompete) e Ramon Braga (bateria e percussão). O flautista interpreta o repertório do seu último CD, lançado em 2017. Entre as composições, músicas autorais e grandes clássicos de Chiquinha Gonzaga, Altamiro Carrilho, Zé Paulo Becker e Guerra-Peixe. O músico mineiro representa a nova geração de flautistas no país. Sua carreira é destacada pelo diálogo entre música popular e clássica, tocando gêneros brasileiros como choro, baião, samba, bossa nova e maxixe, e clássicos com orquestras e grupos de câmara.

 Semreceita
Formado pelos jovens PC Guimarães (guitarra), Natália Mitre (vibrafone), Rodrigo “Boi” Magalhães (baixo), Harrison Santos (saxofone) e Fernando “Feijão” Monteiro (bateria), o Semreceita completa seis anos em 2018.O grupo preza por uma música livre de pré-conceitos, transitando entre estilos, tais como o jazz, o choro, a música erudita e até mesmo dialogando com a intensa paixão  de seus integrantes pelo carnaval belo-horizontino. O Semreceita foi premiado pelo concurso de Novos Talentos do Jazz do Savassi Festival, finalista do 17º Prêmio BDMG Instrumental, além de levar o título de melhor arranjo da premiação. O grupo também marcou presença na Virada Cultural de BH, Festival de Inverno de Vespasiano e Dia de Feira. Seu primeiro disco foi lançado em agosto de 2017, por meio de uma campanha de financiamento coletivo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 9 09America/Sao_Paulo novembro 09America/Sao_Paulo 2018 por em Música e marcado , , , .
%d blogueiros gostam disto: