DE TUDO VAI ROLAR

Viver e Curtir a cidade, gastando pouco ou quase nada! (By Ney Mourão) Siga o instagram: blogdetudovairolar – Aos Sábados, às 10h, 14h, 16h e 18h, dicas nacionais, pela RÁDIO 107 Ativa na Web (Baixe o aplicativo na Play Store ou ouça em https://www.radios.com.br/aovivo/107-ativa/65889)

Que tal curtir um blues de primeira, ao ar livre e gratuito, no fim de semana?

Nos dias 01 e 02 de setembro, sábado e domingo, tem Street Blues Festival das 12h às 21h, na Praça José Mendes Júnior, no bairro de Lourdes. Serão dois dias de programação com dois espaços especiais para apresentações musicais intimistas e mais próximas do público, uma feira de vinis e antiguidades e área de alimentação com gastronomia de rua (foodtrucks).  selecionados com muito cuidado.

O festival foi idealizado com o objetivo de colocar a capital mineira na rota nacional do Blues, um ritmo extremamente difundido nos Estados Unidos, que inspirou e inspira gerações de músicos e artistas de diversos estilos em todo o mundo.

O acesso é GRATUITO, mas é necessária a retirada com antecedência neste link.

Entre as apresentações musicais, dois artistas são de renome internacional no blues, seis de renome nacional e quatro artistas da cidade. Confira, abaixo, as atrações:

Dia 01 de setembro  

JASON RICCI

jason ricci

Jason Ricci é um dos gaitistas mais populares do planeta atualmente. Jason aos 21 anos de idade venceu o concurso Sonny Boy Blues Society vencendo um então relativamente desconhecido Michael Burks e representou o Arkansas e no então nascente I.B.C. Seu segundo álbum de Ricci, “Done With The Devil”, foi indicado ao Blues Music Award como “melhor álbum de blues rock do ano” e em 2010, após uma indicação anterior, Ricci ganhou o Blues Music Award como “melhor gaitista”.O último álbum de Johnny Winter com Jason ganhou um Grammy Award em 2015 por “Best Blues Album”.Seja no palco do Hall da Fama do Rock and Roll para 12 Milhões de pessoas ou na junção de juke de Kimbrough em Holly Springs no Mississippi para 30 pessoas locais, Ricci esteve lá e se consagra como um grande artista.

BLUES MACHINE SOCIETY

A Blues Machine Society é uma banda de Blues Rock, com trabalho em inglês, formada, em 2014, por Murilo Fonseca (Guitarra) e Marcelo Manes (gaita/ vocais), em Patos de Minas, no interior de Minas de Gerais. Após participar de vários eventos e festivais regionais, em 2016, a banda lançou dois singles: “Discovering” e “Just Move It On”, produzidos pelo guitarrista Moisés Martins.

DANNY VINCENT

Com mais de 20 anos tocando em solo Brasileiro, dono de um estilo pessoal e vibrante, o guitarrista, compositor e produtor argentino Danny Vincent construiu uma carreira sólida, reconhecida no Brasil e no exterior. É um dos mais importantes expoentes do Blues no Brasil. Após três discos gravados em Buenos Aires, Danny chegou ao Brasil em 1990. Fundou a Albatross Blues Band e formou a sua atual banda em 1994, e desde então, tem tocado em todo território brasileiro, Chile, Uruguai e Bolívia. A fusão entre o blues americano e o rock latino tem dado uma cor inconfundível aos seus shows, o que lhe valeu ser considerado hoje o único guitarrista fiel do legado Santana na América Latina

BLUE HAZE Blues Band

A banda oi criada com o intuito de apresentar ao público as mais diversas ramificações do estilo como Jump Blues(West Coast), Chicago Blues, Funk Blues, Rock/Blues entre vários outros, demonstrando a riqueza de ritmos que o estilo possui e ainda é bastante desconhecida pelo público em geral. Através de um show dançante e com muita energia, onde Gaita e Guitarra se comunicam show adentro, a BLUE HAZE Blues Band promete agitar os palcos por onde passa, mostrando a força do Blues Mineiro. A BLUE HAZE Blues Band é formada por: Bruno Castro(Gaitas/Vocais), Mauricio Wiinkler(Guitarra/Vocais), Eduardo “ Gringo” (Baixo), Claudio Melazzo(Bateria/Vocais)

Dia 02 de setembro 

TARYN DONATH

taryn donath

Premidada no International Blues Challenge Winner 1996 e nomeada para o  San Diego Music Award 2009, Taryn Donath é uma das mais conceituados pianistas de Boogie Woogie, Jazz e R&B da California e a grande revelação da atualidade. Cada apresentação ao vivo é emocionante e singular. Seu piano é tenaz e vigoroso, fazendo contraponto com a sua voz suave, sensual e única. Seu repertório passeia pelo Jazz e Soul dos 60’s, Funk, Swing e Latim, além de pitadas de um estilo intitulado por ela mesmo de Beatnik Blues, levando o ouvinte a uma aventura musical. Nunca repete uma performance e não se prende a regras, apenas deixa fluir sua identidade musical. Sobre a artista, o jornalista Jim Fowler, do L.A. Times, escreveu: “Taryn faz parte de uma série de artistas de Blues que possuem habilidades aparentemente além de seu tempo”.

AUDERGANG

Idealizada pelo guitarrista Auder Júnior, também curador artístico do Street Blues Festival, o Audergang é um dos grandes expoentes do Blues no cenário musical brasileiro. Começou a despontar no mercado belo-horizontino em 2007, por meio do lançamento do trabalho solo de Auder Júnior, com o álbum “Music is the Only Way”. A banda já se apresentou ao lado de ícones do blues nacional e mundial como Celso Blues Boy e Johnny Winter. Possui dois álbuns lançados: “Soul to Shuffle”(2011) e “Blues for the Blues” (2015) e, com este último, ficou entre 12 melhores lançamentos nacionais do primeiro semestre de 2015, pelo site Southern Rock Brasil. Em 2017, lançou o primeiro DVD “Audergang Blues Sessions”, que contém as principais canções que fizeram parte dos dez anos de estrada da banda.

RODRIGO NÉZIO

Rodrigo Nézio é um guitarrista de Blues, com três CDs de Blues gravados. Com seu primeiro disco, lançado em 2008, com músicas autorais, ganhou o Prêmio Banca do Blues de Melhor CD do ano de 2008, no Rio de Janeiro. Tocou nos principais eventos do gênero pelo país e dividiu o palco com vários artistas como Celso Blues Boy, Jefferson Gonçalves,   Nuno Mindelis,   Big Joe Manfra,   André Cristovam,  J.J. Jackson, Dave Riley, e vários outros.

ALEXANDRE DA MATA & THE BLACK DOGS

Após anos atuando à frente dos mais diversos projetos, Alexandre da Mata apresenta seu trabalho mais autoral, tocando canções do álbum mais recente “All Them Reasons” e versões de grandes clássicos do blues. Influenciado por grandes nomes como Steve Ray Vaughn, Brian May, Joe Bonamassa , brent mason e Albert Lee, o grande guitarrista mineiro destilará sua incrível mistura de blues, rock e country. O artista já se apresentou em palcos do Brasil e exterior ao lado de diversos nomes da música instrumental e popular, como Chris Slade (AC/DC),  Harvey Dalton Arnold ( The Outlaws ), JJ Jackson (USA) , Pat Cohen (USA) ,  Auder Jr , Affonsinho Heliodoro ,  Ivan Corrêa, Saulo Laranjeira, Telo Borges,  entre  outros. Desenvolveu um estilo único, impressionando por sua mescla de feeling e proficiência técnica

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: