DE TUDO VAI ROLAR

Viver e Curtir a cidade, gastando pouco ou quase nada! (By Ney Mourão) Siga o instagram: blogdetudovairolar – Aos Sábados, às 10h, 14h, 16h e 18h, dicas nacionais, pela RÁDIO 107 Ativa na Web (Baixe o aplicativo na Play Store ou ouça em https://www.radios.com.br/aovivo/107-ativa/65889)

Sempre um Papo recebe, no sábado, o escritor José Trajano

O Sempre Um Papo recebe, neste sábado, 28/04, às 11 da manhã, no Hub Minas Digital – Arena Edifício Rainha da Sucata (Praça da Liberdade), o escritor José Trajano para o debate e o lançamento do livro “Os Beneditinos” (Alfaguara). A entrada é GRATUITA.

Bem-humorado e melancólico, a obra mergulha de forma tocante nas memórias de um Rio de Janeiro romântico, com as glórias do passado e as perdas do presente. O narrador desta deliciosa trama não está em seus melhores dias. Perdeu o emprego de jornalista, vive só, no bairro da Mooca, e tem de cuidar da saúde, que não anda boa, mas uma descoberta pode mudar seu destino.

A vida reserva ao narrador poucos momentos de felicidade: assistir às partidas do Juventus, o Moleque Travesso, que o faz se lembrar do América, seu time do coração. Tomar ocasionalmente uma cerveja com petiscos. E se dedicar às suas partidas de futebol de botão contra veteranos do bairro. Suas perspectivas mudam, no entanto, ao folhear uma revista na sala de espera de seu dentista e encontrar a manchete: “Será em Londres o 1º Mundial de walking futebol”. Futebol andando? Com a ajuda de seu filho, ele descobre mais sobre essa categoria, reservada aos que já passaram da flor da idade, em que não se pode, em momento nenhum da partida, tirar os dois pés do chão. É a chance que procurava para reunir seu antigo time do Colégio São Bento, no Rio de Janeiro, e colocar os esportistas aposentados para treinar. Desta vez, os beneditinos irão à desforra das derrotas sofridas para o Santo Inácio, tantas décadas atrás.

jose trajanoJosé Trajano nasceu no Rio de Janeiro, em 1946. Começou sua carreira no Jornal do Brasil, em 1963, e desde então passou por todos os grandes veículos do país. Foi comentarista do programa esportivo Cartão Verde e diretor de jornalismo da ESPN Brasil, onde participava da mesa-redonda Linha de Passe. É autor dos romances Procurando Mônica e Tijucamérica, além de torcedor fanático do América. Mora atualmente em São Paulo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 27 27America/Sao_Paulo abril 27America/Sao_Paulo 2018 por em Literatura e Poesia e marcado , .
%d blogueiros gostam disto: