DE TUDO VAI ROLAR

Viver e Curtir a cidade, gastando pouco ou quase nada! (By Ney Mourão) Siga o instagram: blogdetudovairolar – Aos Sábados, às 10h, 14h, 16h e 18h, dicas nacionais, pela RÁDIO 107 Ativa na Web (Baixe o aplicativo na Play Store ou ouça em https://www.radios.com.br/aovivo/107-ativa/65889)

EX-AFRICA: A arte de um dos mais belos continentes do mundo é o destaque deste final de ano, nos espaços do CCBB-BH

imperdivel-menor

A vitalidade e a eloquência da arte produzida na África ou de artistas com direta influência estética do continente africano poderão ser vistas mais de perto pelos belo-horizontinos, em uma oportunidade única, no Centro Cultural Branco do Brasil – CCBB/BH (Praça da Liberdade). Até o dia 30 de dezembro, o Centro Cultural que tem-se pautado por um intenso e vigoroso incentivo às mais variadas linguagens, será palco da exposição “EX AFRICA”, reunindo artistas nigerianos, sul africanos, angolanos e afro-brasileiros.

Estarão presentes nomes como o cantor/compositor e multimídia NÁSTIO MOSQUITO, o artista visual e performer JELILI ATIKU, os premiados fotógrafos LEONCE RAPHAEL AGBODJELOU e KUDZANAI CHIURAI, os pintores afro-brasileiros ARJAN MARTINS e DALTON PAULA. E, como esta cidade merece e está podendo… em sua maioria, os artistas apresentarão trabalhos inéditos no Brasil, e até mesmo criados para a exposição, como a instalação a ser desenvolvida por IBRAHIM MAHAMA. ADE BANTU, músico e ativista, assina a curadoria da sala/instalação Clube Lagos, que oferecerá um painel sobre os novos sons da Nigéria.

Trata-se, portanto, de uma exposição multi sensorial, para degustar com os olhos, os ouvidos, a alma. Toda a exposição terá entrada gratuita e, na abertura, nesta quarta-feira, véspera do feriado, o público está sendo convidado para uma programação pra lá de especial.

Veja o que você vai perder, se não for:

Jelili Atiku

Jelili Atiku: uma das instalações presentes na Mostra.

17h = Performance com o nigeriano Jelili Atiku
Um impressionante performer que já foi convidado até para a inauguração de um dos espaços da Tate Modern, galeria de arte de Londres, uma das mais importantes do mundo.
A performance começa na rua. O artista faz uma caminhada de 30 a 40 minutos até entrar no CCBB-BH e dirigir-se para sua sala, onde montará uma instalação com os materiais e obras de arte utilizados na performance.

Natio Mosquito

 

18h = Performance de Nástio Mosquito  – Teatro I do CCBB-BH
Natural do Huambo, onde nasceu em 1981, Nástio Mosquito tem exposto um pouco por todo o mundo: Minneapolis (Walker Art Center), Londres (Tate Modern), São Paulo (29.ª Bienal de São Paulo), Lisboa (Museu Colecção Berardo)

Classificação etária: 14 anos (pode conter linguagem explícita).

Entrada gratuita, com distribuição de senhas uma hora antes do evento.

Duração: 45′

>>  A performance de Nástio Mosquito será seguida de palestra com  Adé Bantu, músico/ativista e o curador da sala Clube Lagos , mediada pelo curador Alfons Hug.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 23 23America/Sao_Paulo novembro 23America/Sao_Paulo 2017 por em Exposições e marcado , , , , , , , , , , .
%d blogueiros gostam disto: